Spock pela diversidade em Star Trek

Nimoy_TakeiFazia muito tempo que não acessava o Democracy Now! E hoje quando fui ver o último programa me deparei com uma declaração bem bacana do George Takei – aos que não são geeks de plantão ele interpretou o Sulu em Star Trek por muitos anos – sobre a consciência que Leonard Nimoy – sim, o querido, o amado Sr. Spock que faleceu agora em fevereiro – tinha sobre inclusão e diversidade.

Quando Amy Goodman perguntou nesta sexta-feira (03/04) sobre a importância que Nimoy teve dentro do processo de Takei de inclusão no programa, o Sr. Sulu lembrou de quando começaram a produção da animação de Star Trek nos anos 70 Nimoy foi um dos primeiros a defender que a voz feminina que deveria dublar as mulheres da série de animação deveria ser a de Nichelle Nichols – a primeira Uhura – e George Takei.

Leonard foi uma pessoa extraordinária, além de ser ator brilhante e talentoso, ele era socialmente consciente. Por exemplo, quando “Star Trek” tornou-se uma série de animação, eles [os produtores] tinham um orçamento muito limitado. E assim, contrataram apenas Leonard, William Shatner, Jimmy Doohan, e Majel Barrett, para fazer as vozes de seus personagens e todas as outras vozes. Majel fez as vozes femininas, os outros fizeram as vozes masculinas. Mas, quando Leonard descobriu sobre isso, ele disse, este show é sobre diversidade. As duas pessoas que devem representar a diversidade são Nichelle Nichols que fez Uhura e George Takei que interpretou Sulu. E se eles não podem fazer parte deste show, então eu não estou interessado em fazê-lo. E ainda disse que se afastaria do show. Esse foi um ato muito raro, se afastar de um trabalho. Poucos atores fariam isso. Leonard fez isso. Ele era um bom amigo e solidário por toda parte. E nós tivemos um elenco diversificado. Ele nos abraçou e nós o abraçamos. Fomos gratos. Bem, eu o considerava um bom amigo. Veio para toda as peças de teatro que eu fiz, e foi aos bastidores para me dizer o que pensava. Ele era um grande cara. E representava o melhor de uma sociedade norte-americana inclusiva. (Star Trek’s George Takei on Leonard Nimoy: He Represented the Best of an Inclusive American Society)

O fato de alguém se solidarizar às minorias sociais de forma a largar um trabalho e indicar que não são brancos ou heteros dublando ou sendo protagonistas em filmes ou animações é algo raro. É efetivamente o lugar de aliado a luta na qual quem realmente é sujeito daquele embate seja protagonista e sem silenciamento.

Já gostava do Nimoy só por causa do Sr Spock, mas depois dessa história contata pelo George Takei fiquei feliz em ver que há gente no mundo do entretenimento que olha ao seu redor realmente.

Facebooktwittergoogle_plustumblrmailby feather

Respond to Spock pela diversidade em Star Trek

Leave a reply

Basic HTML is allowed. Your email address will not be published.